fbpx
Now Reading
10 Países na Europa que aceitam turistas do Brasil

10 Países na Europa que aceitam turistas do Brasil

Tempo de Leitura: 7 minutos

Antes de qualquer coisa: o Brasil segue na “Lista dos países de alto risco” em todos os países na Europa. Porém, alguns países resolveram que podem aceitar turistas de qualquer lugar se impor teste de Covid-19 e/ou quarentena obrigatória.

Então, cuidado com o que você vê por aí falando que já é possível viajar para a Europa porque por um lado é verdade, mas ninguém te fala o que você precisa de enfrentar para realmente aproveitar sua viagem!

Vamos entender um pouco de alguns países que estão aparentemente abertos para turistas que saem do Brasil.

1. Reino Unido

Se você tem viagem marcada para o Reino Unido (incluindo a Escócia, Irlanda do Norte, País de Gales), você precisa saber que apesar de aparente “aberto”, o país pede para preencher um formulário até 48h antes de embarque e é obrigatório a quarentena, se isolando por 14 dias. Nem pense em furar a quarentena, os dados enviados através desse formulário poderá ser checado por autoridades locais!

Se você não preencher o formulário, será multado no valor de £100 e se furar a quarentena esse valor pode subir ainda mais.

Mais informação, consulte:

2. Suíça

Ficou feliz de saber que a Suíça permite viajantes brasileiros, né? Bom, tudo tem seu preço…

Independente se você tiver um teste negativo PCR das últimas 24h, a quarentena é obrigatória! Ou seja, você vai pagar um hotel na Suíça por 10 dias. Ao chegar na Suíça, você deverá preencher um formulário que será entregue no seu vôo para preencher com seus dados para contato e a acomodação da qual você vai se hospedar. Na imigração será cobrado esse formulário e outros documentos como de costume. Dentro de 2 dias, você terá que avisar aos autoridades do cantão (região) que for se hospedar informando que está de quarentena.

Muito simples né? Baratinho também! E se você tiver sintomas, você vai usar seu seguro saúde para se tratar se for necessário hospitalização. O problema é que os valores na Suíça podem ultrapassar o valor mínimo do seguro saúde que é pedido para viajar dentro do Espaço Schengen que cobre €30.000. Então, já fica a dica!

Como se não bastasse todo esses gastos a mais, se você não avisar as autoridades que chegou de um país ou furar a quarentena, a multa é de apenas CHF 10.000.

Porém, se você estiver 10 dias em um país que não é de risco e conseguir provar, poderá viajar sem problemas pela Suíça sem quarentena.

Mais informações, consulte:

3. Áustria

Na verdade a Áustria não aceita países “terceiros” a entrar no país. Ou seja, os países que o país segue com as fronteiras fechadas. Porém, países como Suíça e outros países que fazem parte do Tratado Schengen podem entrar na Áustria, e se você estiver viajando dentro da zona Schengen, poderá entrar na Áustria também mesmo sendo do Brasil!

Claro que não será tão fácil assim. É obrigatório um certificado médico mostrando o teste negativo PCR para o COVID-19 e quarentena por 10 dias.

No aeroporto de Viena estava sendo cobrado o valor de €190 para realizar o teste no aeroporto para receber o resultado em poucos dias e poder evitar a quarentena, mas parece que não está funcionando de forma simples para quem vem de países como o Brasil.

Mais informações, consulte:

4. Irlanda

Essa é boa para quem já pensava em fazer um intercâmbio na ilha esmeralda!

O Brasil não está na famosa “Green List” e ainda não é recomendável viajar, porém, o governo irlandês decidiu abrir fronteiras na condição de que será obrigatório para quem vier do Brasil ou dos países fora da Green List preencher o formulário Passenger Locator Form online e se isolar por 14 dias de acordo com as normas da Irlanda.

Não diz absolutamente nada sobre a questão de ser testado, acredito que o teste não é uma opção para evitar a quarentena.

E se você acha que vale furar a quarentena, saiba que você pode até ir para a cadeia na Irlanda, viu? Pelo que descrevem no site do governo, o não cumprimento das normas (formulário, quarentena e normas do país) pode levar multa até €2500 ou prisão por 6 meses.

Mais informações, consulte:

5. Croácia

Essa foi a grande descoberta de Anitta durante a quarentena no Brasil: foi pra lá que ela fugiu logo em Julho!

O país estava relativamente bem com relação ao número de casos e mortes pelo Covid-19 e apoiou desde sempre o turismo com segurança durante a pandemia ainda que não tinha tantas restrições assim com ninguém que chegasse ao país.

A única demanda ao chegar ao país é comprovar que você vai ter acomodação pelos dias que passar por lá e dizer que vai como turista. No avião, você receberá um formulário para preencher com os dados de contato e o endereço de onde você for se hospedar.

Para evitar a quarentena de 14 dias, é possível apresentar um teste PCR negativo das últimas 48 horas. Se o teste for mais antigo, você poderá ser testado novamente e terá que se manter em quarentena até sair o resultado negativo.

Não é informado as medidas feitas pelo governo se furar a quarentena, mas dentro todos os países até agora, é o mais flexível com relação a entrada com possibilidade de evitar quarentena. Contudo, o país já está pensando em restringir um pouco mais devido ao número de casos que vêm subindo.

Mais informações, consulte:

6. Eslovênia

Não é um país tão conhecido por Brasileiros, mas excelente para quem aprecia a natureza e SPAs com água termal e um pouco da história dos balcãs com forte influência dos países ao seu redor (Áustria, Hungria, Croácia). Pois é… eles estão de portas abertas para o povo do nosso Brasilzão!

É possível entrar no país mostrando um teste negativo PCR realizado nas últimas 48h para evitar os 10 dias de quarentena obrigatório. Inclusive, se você for avisado por autoridades de outro país que precisa de quarentena por ter sido exposto ao vírus, o país permite fazer a quarentena por lá.

Mais informações, consulte:

7. Sérvia

Outro país não tão explorado pelos Brasileiros, mas acredito que tem muitos lugares incríveis por lá, como conta o Tiago Carruço que mora por lá.

A Sérvia adotou políticas diferentes, sendo um dos países que não tem restrição nenhuma para quem entrar exceto se você vier da Bulgária, Macedônia, Croácia e Romênia da qual precisaria mostrar um teste negativo PCR realizado nas últimas 48h ou seria obrigado a ficar em quarentena por 14 dias. Mas se você vier de qualquer outro país, é só chegar e aproveitar o país tranquilamente respeitando as medidas internas (máscaras e etc).

See Also
Manual Básico para entender o Coronavírus

Mais informações, consulte:

8. Turquia

Outro país que também está lidando com o turismo de forma diferente de muitos outros lugares. Na Turquia foi implementado várias medidas para poder ter um turismo seguro e isso já seria suficiente para não ter a necessidade de restringir a entrada de turistas de qualquer lugar do mundo.

Não é necessário confirmação de teste negativo nem quarentena, porém na entrada do país eles medem sua temperatura e podem fazer alguns questionamentos com relação ao seu histórico de viagem e de contato com pessoas que tiveram infectadas. Mas enquanto não haver sintomas, você estará livre para turistar!

Eles aconselham fazer um seguro saúde próprio para o Covid-19 local, de acordo com o site oficial de turismo da Turquia, acredito que pode ser uma alternativa interessante para evitar gastos indesejados caso precise de ser hospitalizado ou atendimento médico durante a estadia no país.

Mais informação, consulte:

9. Albânia e Kosovo

Dois pequenos países entre a Croácia e a Grécia que Brasileiros quase não conhecem realmente, mas eles estão ali. A maior parte das nações consideram ambos países independentes, mas há sempre aqueles países que são do contra e ainda não reconhecem a independência do Kosovo.

Com relação a Albânia, não existe nenhuma restrição explícita, nem necessidade de teste PCR nem quarentena. Contudo, se algum turista chega com sintomas, poderá voltar ao destino de origem, não sendo permitido entrar na Albânia.

Kosovo também não possui nenhuma restrição, porém pedem na imigração um seguro saúde que cobre COVID-19.

Ambos os casos é importante viajar com alguma prova como teste negativo de COVID-19 por precaução, mesmo que não seja obrigatório.

Para mais informações, consulte:

10. Macedônia do Norte

Outro país do leste Europeu que não tem restrições para entrada de qualquer pessoa que quiser visitar: o Norte da Macedônia!

Na verdade, recentemente colocaram restrições para a Sérvia, Kosovo, Bosnia e Herzegovina e Montenegro, da qual é necessário teste negativo PCR realizado nas últimas 72 horas.

No seu caso, vindo do Brasil se não tiver passado por esses países anteriormente, é só chegar e aproveitar o país!

Mas claro, se aparecer sintomas poderá ser testado e colocado em quarentena.

Mais informações, consulte:


Gostaria de viajar pela Europa e conhecer o melhor vários destinos de acordo com seu perfil de viajante?

  • Eurotrip Nutella: Sua viagem do seu jeito! Uma assessoria completa antes e durante sua viagem para poder aproveitar tranquilo(a) e ao máximo cada minuto na Europa passando por diversos destinos de acordo com seu ritmo.
  • Consultoria Around: Deixa que eu te ajudo no seu planejamento! Não vai passar perrengue buscando informação furada por aí… Se vem para a Europa, as Assessoras de Viagens que moram na Europa e possuem experiência em viagens estarão prontas para te ajudar, revisando seu planejamento e tirando suas dúvidas!
  • Eurotrip Raíz: Se você busca fazer um mochilão pela Europa, bem low-cost e quer fazer tudo por conta própria, veja as melhores dicas de viagem para o planejamento da sua eurotrip para evitar perrengues comuns. Mas saiba que viajar low cost por conta própria e sem conhecimento, é sempre um risco, por isso veja todo o conteúdo do Blog Around Europe e qualquer coisa, pode contar com as assessoras para uma breve consultoria!

View Comments (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Assessoria de Viagem para Brasileiros

Copyright © 2020 | All rights reserved

Scroll To Top