fbpx
Now Reading
CorongaNews – Vai rolar a Eurotrip no verão Europeu ou não?

CorongaNews – Vai rolar a Eurotrip no verão Europeu ou não?

Tempo de Leitura: 11 minutos

Eis a pergunta que não quer se calar! Por isso mesmo eu saí em busca dessas informações para você e criei um quadro no IGTV chamado de CorongaNews, onde periodicamente irei publicar as novidades sobre o Turismo na Europa durante a pandemia. Assim, você – viajante, vai poder ficar sabendo de tudo que está rolando por aqui, sejam restrições, novas normas e se vai ser vantajoso para você ou não seguir sua viagem para Europa.


Neste artigo você vai ver notícias recentes até o dia 10 de Maio de 2020:

1- Vai rolar minha Eurotrip esse ano ou não? Sobre a abertura de fronteiras.

2- A possível solução para o Turismo na Europa: Passaporte Covid-19

3- E qual é desse App de rastreio COVID-19 na Europa? Entenda como deve funcionar e sua obrigatoriedade.

4- Como vai ser viajar pela Europa? Medidas para viajar com transporte compartilhado.

5- Como vai ser turistar no meio da pandemia na Europa? Previsões de acordo com os ganhadores do Desafio de Recuperação do Turismo pela UNWTO.

6- Hidroxicloroquina é coisa do passado? Saiba de um novo medicamento em teste e os avanços tecnológicos na Europa.

7- Desconfinamento na Espanha: Entenda como será feito o processo.


Como saber se vou poder ou não viajar para Europa?

As fronteiras da União Europeia têm previsão de serem abertas oficialmente dia 15 de Maio, porém, será feita de forma gradual e cada país poderá ter controle das suas próprias fronteiras durante a pandemia do COVID-19. Isso não significa que podemos viajar desenfreado pela Europa afora, e é bem capaz que voltar a mesma normalidade de antes, não será uma realidade tão cedo. Apesar disso, o comissário da Economia da União Europeia, Paolo Getilone, garante que vai rolar temporada de verão na Europa!

França, por exemplo, inicialmente tinha dito que o lockdown poderia seguir até final de agosto ou setembro, porém, aos poucos e com o seguimento positivo do controle do coronavírus, já está preparando para começar o facilitar a abertura das fronteiras gradualmente, com muita cautela, a partir de 11 de Maio. Porém, vários países como a Espanha, vão pedir 14 dias de quarentena para qualquer pessoa que chegar ao país, ainda que existem alguns que dizem que a quarentena pode ser prejudicial para o turismo e seria necessário pensar em estratégias mais eficientes para manter a economia pelo menos durante o verão.

Por esse motivo, a Comissão da União Europeia está criando critérios para poder fazer uma ”desescalada’‘ das fronteiras em 3 fases com várias diretrizes para controle de fronteiras, transporte, turismo e o próprio consumidor viajante. Cada país se avançaria de acordo com seu próprio ritmo de controle das fronteiras. Pode ser que os países entre sí façam um tipo de ”bolha de viagem” da qual permite alguns países vizinhos ou países específicos viajarem entre si.

Portanto, não existe uma resposta concreta, porém, além de ficar de olho nas notícias, é importante ficar atento com a relação ao controle de fronteiras de cada país que você pode possivelmente visitar. Segundo a Agência de Segurança de Aviação da União Europeia – EASE, vários países do oeste Europeu possuem aeroportos em lugares que são considerados ainda como ”alto risco de infecção de COVID-19”, sendo eles: Bélgica, França, Alemanha, Espanha, Irlanda, Itália, Holanda, Portugal, Suécia, Suíça e Reino Unido. Porém, o Brasil também se inclui nessa lista, contando com aeroportos na Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Pernambuco, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo.

O que eu acho que pode acontecer, de acordo com essas informações, é que inicialmente a União Europeia vai permitir viagens dentro do espaço europeu incluindo Reino Unido e restringindo para os demais países, principalmente aqueles considerados de risco, como o Brasilque, inclusive, já conseguiu ganhar a Itália e Espanha no número de mortes dos profissionais da saúde e já ultrapassa a Alemanha em número de casos.

Hoje vai ser a reunião oficial da União Europeia para decidir os próximos passos decisivos para os processos de abertura das fronteiras e como vai ser as estratégias para manter o turismo durante o verão. Em breve, mais notícias por aqui! E, se você precisar de maiores detalhes sobre sua viagem para Europa, pode entrar em contato comigo e através da Consultoria Around, poderia entender melhor seu caso e te ajudar com informações relevantes para sua viagem.

Passaporte Covid-19: uma possível solução para o turismo na Europa!

Como vários blogueiros de viagem já estavam comentando sobre as previsões de ter normas ou medidas para viajar dentro da Europa, recentemente saiu nas notícias que o Parlamento Europeu estava discutindo a questão do tão esperado verão Europeu. É muito comum que os Europeus do norte passam férias nas praias do sul, assim como é a época de receberem mais turistas de todo o canto do mundo para aproveitar a melhor época do ano na Europa. Obviamente, seria um excelente momento para recuperar o setor do turismo em alguns países como a Espanha e Itália, que possuem grande parte da sua economia destinada para o turismo. Porém, sabemos que liberar viajantes é o mesmo que deixar entrar o vírus novamente e ter outro surto descontrolado em pouco tempo.

Portanto, apesar de que há pouco tempo a Presidente da União Europeia ia contra viagens esse verão para o turismo internacional, no final do mês passado ela começou a ver possibilidades com a ideia da criação do Passaporte Covid-19nome ainda está por definir – da qual seria um comprovante de saúde do viajante para poder entrar nos países da União Europeia avisados também de regras comuns em todos os países, como o uso de máscaras, higienização e distanciamento social além da possibilidade de rastreio por aplicativo de celular enquanto passa suas férias por aqui.

Enquanto o tal Passaporte Covid-19 não sai, alguns países já pensam em novas medidas para os passageiros. Por exemplo o caso do aeroporto de Viena que desde segunda, 4 de Maio, já oferecem o teste PCR para serem realizado no próprio aeroporto, da qual em 3 horas sairia o resultado e, em caso de resultado negativo ao COVID-19, o passageiro não precisaria de ficar 14 dias em quarentena.

Assim como as ofertas de viagem no Reino Unido já estão com tudo querendo saber da possibilidade real ou não das férias dos britânicos no sul Europeu, o Brasil também deve ter esse mesmo pensamento, afinal, é a época que muitos brasileiros resolveram adiar suas viagens ou não cancelaram o verão europeu com a esperança de que o Coronavírus já estivesse sob controle. A verdade é que enquanto não houver uma vacina ou tratamentos eficientes a ponto de erradicar o vírus, sua viagem não estará 100% segura, e com toda certeza o verão europeu não será o mesmo!

E esse App do Corona, vai ser obrigatório?

A ideia do aplicativo para monitorar possíveis infecções do coronavírus é uma realidade na Ásia e vários países estão aderindo a ideia. Porém, a Europa criou recentemente a Lei de Proteção de Dados da qual vela a privacidade máxima aos consumidores de qualquer aplicativo e o maior desafio até então é criar um aplicativo comum para toda a União Europeia que condiz com o Regulamento da Proteção de Dados (GDPR).

O governo da Polônia já obrigou seus cidadãos a usar o aplicativo ProteGo, Alemanha estava desenvolvendo um outro aplicativo e a Espanha estava buscando alternativas que usasse bluetooth para evitar coletar dados.

A União Europeia tem realizado vários testes para poder liberar um aplicativo que vai de acordo com a GDPR da qual seja comum para todos os estados membros, com informações importantes sobre o coronavírus, questionário para identificar se você está com o vírus ou não, fórum entre pacientes e médicos. E a ideia é que não seja obrigatório o uso, porém altamente recomendável para poder juntos ajudar um ao outro a rastrear o vírus e poder isolar e testar os pacientes suspeitos com mais rapidez.

Como vai ser viajar usando transporte aéreo, terrestre ou marítimo pela Europa?

Muita gente se pergunta como seria a nova realidade do viajante e várias pessoas jogam hipóteses no ar. Entretanto, já existem algumas medidas por escrito para serem tomadas ao começar a abrir fronteiras e permitir viagens não essenciais pela Europa, incluindo trem, metrô, taxi ou uber, avião, ônibus ou qualquer transporte marítimo.

De acordo com a EU Healthy Getaways, independente do transporte, é necessário que todos os passageiros estejam usando máscaras médicas próprias e apenas em caso de falta de máscaras médicas, usar máscaras de tecido para tampar o nariz e a bocaou seja, as máscaras de tecido não são recomendáveis para viagem. Isso inclui não apenas dentro de ônibus, avião ou barco mas também nas estações, aeroportos e rodoviárias. Os empregados das empresas de transporte provavelmente precisarão de usar aquelas roupas ”de astronauta” com óculos, macacão e luvas além das máscaras durante a viagem.

Para viajar será necessário manter o distanciamento de 1m de distância entre os passageiros, e cada companhia poderá ter suas medidas. De forma geral, as companhias aéreas devem deixar os assentos do meio vago, enquanto os ônibus talvez faça a venda de um assento por cada lado ao invés de dois. Aeroportos provavelmente terão as mesmas medidas de segurança que estão sendo feitas aqui na Espanha, de não permitir acompanhantes para embarque e desembarque – apenas os autorizados, como empresas, fora o bloqueio de assentos para evitar aglomerações e manter a distância. A higienização já está sendo feita e provavelmente vai se manter como norma durante a pandemia dentro dos transportes compartilhados e nas estações, aeroportos, portos e rodoviárias.

A boa notícia é que no meio dessa incerteza de viajar ou não pela Europa, acaba colocando medo na galera para viajar e ter seus vôos cancelados e nem ter direito a reembolso. A União Europeia também está discutindo a ideia de oferecer inicialmente um voucher com possibilidade de reembolso em dinheiro depois de certo período de tempo, com a ideia de oferecer ofertas atraentes porém mantendo as companhias aéreas com fluxo de caixa e não quebrarem. Além disso, os passageiros terão acesso a um mapa interativo para saber para onde será possível viajar de acordo com o controle de fronteira de cada país.

Previsões para o Turismo no meio da pandemia

A Organização Mundial do Turismo (UNWTO) criou um desafio dia 25 de Março para que o mundo pudesse encontrar Soluções para Recuperar o Turismo no meio dessa pandemia do Coronavírus e o resultado saiu nessa última quinta-feira, dia 7 de Maio!

A ideia desse desafio era justamente poder manter os viajantes seguros fazendo do setor do turismo preparado para lidar com a pandemia, se mantendo próspero além de melhorar a economia dos diversos países, principalmente aqueles que têm o turismo como setor vital.

Como temos notado, a internet tem nos salvado e muito durante a quarentena, e não necessariamente sendo usada do seu computador. É provável que você esteja passando mais horas no celular ou tablet, não é verdade? Portanto, várias soluções que eu notei nesse desafio, a internet e seu celular serão os principais aliados contra o coronavírus.

O consumo das redes sociais aumentaram consideravelmente, você busca informação muito mais pela internet do que indo em livrarias e bancas. Portanto, guias turísticos digitais que já estava em alta, deve ficar ainda mais depois da pandemia. Inclusive, com o aumento do uso de redes sociais, a agência de marketing de viagem americana Beautiful Destinations foi uma das finalistas promovendo o turismo consciente e informações pertinentes do coronavírus nas redes sociais. Portanto, podemos notar que cada vez mais, os blogs, redes sociais e negócios no ramo do turismo online devem ficar ainda mais em alta devido a segurança ao adquirir informação sem ter contato físico e mesmo assim, ter a empatia de quem está do outro lado da tela.

See Also
Manual Básico para entender o Coronavírus

Por esse motivo, muitas agências de viagens, hotéis, hosteis e outras pequenas empresas no ramo do turismo tentarão fazer ao máximo para ter atendimento online e maior presença digital. Outra finalista foi a MyStay, uma empresa que tem a sede em Amsterdam mas foi totalmente desenvolvida na República Checa para poder ajudar hotéis a entrarem nesse meio digital, enviando endereço por SMS ou e-mail, check-in e check-out online, disponibilizando aos hóspedes wifi e senha, informações importantes sobre turismo e atividades, menu completo para café-da-manhã, almoço e janta nos devidos horários para ser entregue no quarto – evitando contato com os demais hóspedes, aumentando a sua privacidade e sua segurança em primeiro lugar – além de serviços adicionais de cada acomodação e contato do whatsapp para qualquer dúvida.

Quando eu notei essas questões, até me senti visionária com meu negócio de Assessoria de Viagem Around Europe! Inclusive, ele é totalmente COVID-19 Free, uma vez que todo o processo é feito por encontros online (zoom, e-mail, whatsapp e instagram), você recebe um material digital completo com seu plano de viagem, planejamento financeiro antes e durante sua viagem e muito mais! Dá uma olhadinha no serviço Eurotrip Nutella para você ver!

Outra coisa que deve mudar também é em relação ao controle de segurança em aeroportos, estações de trem e rodoviárias. Principalmente em aeroportos se vê mais esse tipo de scanner de raio-x para as bagagens de mão, e geralmente você precisa de manusear muito para tirar líquidos e afins e geralmente existe um fiscal mandando você quase ficar pelado para passar no detector de metais. A SeeTrue, outra finalista do desfio, é uma empresa Israelense que promete ser muito eficiente no raio-x, tirando a necessidade de pessoal verificando próximo, aumentando o distanciamento social durante esse processo. Será que agora passar pela alfândega pode ser mais rápido?

Talvez sim, porque outra finalista é a Airside Mobile, um aplicativo que pode guardar seu passaporte no seu celular e facilitar todo o processo na Polícia Federal até o check-in de hotéis sem precisar de contato físico.

Pode ser que você comece a viajar com roupas mais confortáveis, porque talvez você precise de tomar um banho de desinfetante, é a proposta da empresa de desinfetante polonesa WAAM Machine, da qual você entra num cubo e vem vários jatos de desinfetante por todos os lados. Dá vontade de rir, mas na hora não deve ser engraçado não…

E se você é daqueles que curte fazer compras quando vai viajar, provável que tenha que esperar sua vez para entrar em lojas se tiver cheia. A empresa espanhola Checkpoint System, propõe fiscalizar quantas pessoas estão dentro da loja e onde para promover o distanciamento social e evitar o contágio do vírus.

Hidroxicloroquina é coisa do passado, a moda agora é…?

Não, viajante. Não tem nada de moda nisso. Porém, ao fazerem testes com o Remdesivir nos Estados Unidos, o medicamento pareceu ser modestamente eficiente em casos graves ainda que não necessariamente um tratamento eficiente. Portanto, ressurgiu aquela esperança com tratamentos mais eficientes em alguns casos de COVID-19.

Remdesivir é um medicamento que foi criado para tratar Ebola ou Hepatitis porém nunca foi realmente eficiente em nenhum desses casos. Porém, ao fazer experimentos com alguns pacientes nos Estados Unidos, uma quantidade relativa conseguiu se recuperar mais rapidamente. Porém, o que os cientistas afirmam é que a amostra ainda não é bem qualificada, porque não se sabe como as mesmas pessoas poderiam reagir sem o medicamento ou placebo de acordo com o estado e histórico de saúde de cada paciente.

A União Europeia autorizou os testes do medicamento em pacientes graves, uma vez que já existem estudos da China mostraram que podem ter alguma resposta eficiente e ser uma possibilidade de avanços no tratamento do COVID-19.

É sempre bom saber que a tecnologia tem avançado nesse tema e estamos cada vez mais próximo de alguma solução efetiva. Inclusive, além do Reino Unido e Alemanha já começarem a testar possíveis vacinas em humanos, a Espanha já tem outra proposta de vacina sendo testada em animais. A União Europeia está investindo €48.25 milhões em 151 times de pesquisa para poder encontrar uma solução para o fim da pandemia!

A situação do COVID-19 na Espanha

A Espanha é um dos países preferidos pelos Europeus do norte para passar as férias de verão, mas o governo espanhol ainda está muito conservador com relação a abertura de fronteiras para o turismo internacional, porém, grande parte da economia da Espanha se deve ao turismo e como a União Europeia está criando medidas para manter a segurança, pode ser que a Espanha se abra para o verão.

Ainda sim, a ”desescalada” do confinamento na Espanha já começou e terão 4 fases da qual será feita de maneira gradual e assimétrica. Isso significa dizer que para passar para a próxima fase, a comunidade autônoma ou região deve satisfazer alguns critérios, portanto, cada região avançará de maneira independente. Se estima sair do confinamento totalmente e encarar a ”nova” normalidade no final de Junho, se tudo sair bem. Ainda sim, a ”nova normalidade”, pelo que fala no Plano de Transição pelo Governo da Espanha, parece dizer que o uso de máscaras, higienização e distanciamento social – ainda que mais leve – deve permanecer, juntamente com o acompanhamento da epidemia, da qual poderia controlar o vírus mantendo a economia e a liberdade dos cidadãos.

Nesse momento, a grande parte das regiões da Espanha estão na Fase 1 – Madrid e Catalunya seguem na Fase 0 assim como outras regiões. Mas as regiões que já se beneficiam da Fase 1 já possuem restaurantes funcionando, é permitido reunir até 10 pessoas e parte do comércio aberto!

Algumas das novas normas pelo Governo da Espanha por agora é a obrigatoriedade do uso de máscaras que cubram o nariz e a boca em transportes compartilhados (públicos), porém o ministro da saúde já está avaliando a obrigatoriedade do uso de máscaras em qualquer espaço público, além de que é importante manter a distância de 1m entre as pessoas sempre que possível. É provável que essa regra se mantenha mesmo depois de superar todas as Fases, enquanto ainda existir a possibilidade de um rebote do vírus.


Fique à vontade para tirar dúvidas ou enviar sugestão entrando em contato comigo por aqui ou por DM pelo instagram @lud.around. Sempre um prazer poder ajudar!

View Comments (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Assessoria de Viagem para Brasileiros

Copyright © 2020 | All rights reserved

Scroll To Top