fbpx
Now Reading
Gastronomia na Polônia: O manual para você provar a cultura

Gastronomia na Polônia: O manual para você provar a cultura

Tempo de Leitura: 9 minutos

Já que Cracóvia foi titulada como a Capital Europeia da Cultura Gastronômica 2019, nada melhor do que conhecer um pouquinho dos pratos típicos da Polônia!

Para quem não sabe, namoro há um ano com um Polonês e antes disso eu só conhecia os famosos Pierogis poloneses de ouvir falar. Já planejava ir para Polônia com amigos e conhecer Zakopane e visitar Auschwitz… Porém, apesar da Polônia ser um destino fantástico e econômico, os vôos saindo de Madri não são tão baratos assim! No final das contas, acabava sempre postergando. Mas, me apaixonei não apenas pelo país e acabei conhecendo muito sobre a culinária por lá – e confesso, que me ganhou pela boca mesmo, ô comida boa e barata são as comidas polacas.

Acho essencial ter uma noção do nome original assim como encontramos nos cardápios em restaurantes, porém… Sempre bate aquele medo ou receio de experimentar algo que não fazemos nem ideia do que é. Deixamos de provar comidas deliciosas por não ter conhecimento do que é feito. Então, vamos ao Guia da Culinária Polonesa com Ludmilla Kolanscki e uma colaboração mais que especial do Bartosz Studinicki, que descreveu os principais pratos típicos poloneses!

O que você precisa saber sobre a Culinária Polonesa

Sem dúvida é muito boa e agrada muito ao paladar do Brasileiro, mesmo sem o nosso arroz com feijão! São comidas geralmente mais pesadas e sem muitas opções vegetarianas e com muita influência dos países vizinhos, principalmente da Áustria, Alemanha e República Tcheca. Também sabemos que, como comentei no artigo O que você precisa saber quando viajar para a Polônia, comento que o país tem muita área verde, então, a culinária polonesa vai favorecer muito em tudo que vem do campo, das florestas e de forma muito fresca e da região.

Os ingredientes mais típicos usados na culinária polonesa acompanhando a carne, linguiças ou peixes são chucrute, batata, picles (é diferente, maior e menos ácido) e cogumelos. Uma refeição deve seu sabor às ervas e especiarias usadas, como o endro, as sementes de cominho e salsa. Também é muito comum usarem comidas fermentadas como o famoso picles em conserva ou chucrute. Existem também muitos pratos de origem judaica modificados ao longo do tempo.

Uma curiosidade é que até hoje em dia existe a cultura das famílias acordarem bem cedo e caçar cogumelos nas florestas para cozinhar na hora do almoço.

Geralmente os pratos são bem servidos, começando sempre com uma sopa. Eles são apaixonados com sopas, de tal forma que eles comem até embaixo do sol passando dos 30 graus. Existem mais de 200 tipos de sopas por lá, vou citar por aqui as mais tradicionais.

Com relação a vodka, eles bebem de forma diferente. No Brasil, geralmente misturamos a vodka no suco ou refrigerante ou fazemos drinks. Já na Polônia é comum eles beberem shot de vodka pura e depois tomar aos poucos um suco de laranja ou de maçã e seguir bebendo cerveja. Apesar da fama da vodka, eles bebem muita cerveja, sendo o terceiro país que mais consome cerveja na Europa! Mas shots também são muito comuns ainda que não é tão forte como imaginamos, porque na maioria das vezes é como se fosse um drink com vodka, porém servido em doses para beber de uma vez.

Um caso engraçado com relação a isso foi quando fui em um casamento polonês e serviram champanhe na entrada da festa. O que um Brasileiro faria? Tomaria finamente devagar. O que os Poloneses fazem? Tomam igual shot na taça de champanhe e deixam na mesa mais próxima. É hábito deles beberem rápido qualquer bebida alcóolica que não seja cerveja.

Comida típica de Domingo em família

Assim como nós temos a tradição de almoço em família aos domingos, com feijoada, bacalhoada, ou algum outro prato típico brasileiro, na Polônia isso também acontece. Se você for convidado para um almoço na casa de um Polonês, se prepare para comer muito!

1o Prato: Rosół z makaronem

Uma sopa feita de caldo de galinha com macarrão. Bem simples mas vi servido até em casamento! É cultural… E estranho para nós.

Inclusive, já ouvi dizer que é excelente para curar ressaca…

2o Prato: Kotlet schabowy z ziemniakami i kiszona kapusta

Parece complexo né? Mas é um Filé de porco à milanesa com batatas cozidas e salada de chucrute.

Aperitivos Poloneses

Os poloneses não tem o hábito de petiscos. Ou bebem vodka em shots puro ou acompanhado de suco ou cerveja. A comida vem sempre antes ou depois. Porém, é possível de encontrar alguns lugares que servem aperitivos típicos poloneses para poder comer enquanto bebe cerveja ou mesmo pedir como entrada.

Ogórki kiszone

Esse me lembrou muito o Kovászos Uborka da Hungria, porém, parece ser feito de maneira um pouco diferente. Ainda sim, é basicamente uma conserva de pepinos e é diferente de picles! O gosto é mais azedinho, bem temperado e acho que super combina com cerveja.

Fonte: allegro.pl/

Chleb ze smalcem

Esse já é para os fortes! Eu provei em Zakopane, dizem que é algo servido mais em vilas ou montanhas. É um pão com uma patê branco de banha de porco com alho. Não é que seja ruim, mas existem coisas melhores para o meu gosto… Acho que o que mais me incomodou foi a textura do patê, mas realmente eu achei salgadinho e com gosto de alho bem forte.

Tatar wołowy 

Esse vai ser o melhor tartar que você vai provar na sua vida! Não sei se foi o lugar que o meu namorado me levou ou se realmente é assim em todo lugar, mas os poloneses usam temperinhos diferentes mas que ficam deliciosamente bons quando misturam!

Geralmente é servido com ovo de codorna cru para misturar, cebola e picles.

Opções de Entrada

Como eu disse, eles amam sopa. A mais tradicional é o Rosół z makaronem que eles servem como “Almoço de domingo” ou até mesmo em casamentos. Acredito que é a sopa mais simples e favorita deles para qualquer evento especial (ou não). O Clima ameno contribui para que os poloneses sejam muito fãs de sopas, e as mais famosas são:

Barszcz czerwony z uszkami 

Sopa de beterraba com pequenos dumplins recheados de carne ou cogumelos. Pode ser que venha apenas o caldo ou, na maioria das vezes, vem com alguns bolinhos dentro.

Fonte: kuchennewariacje.pl/

Flaki wołowe

É uma sopa com base de tomate e carne desfiada, pedaços de cenoura, vagem e outros legumes, bem temperado com cebola, pimenta e flor de alho (diferente da cabeça de alho… acho que não temos ou não usamos no Brasil). As carnes podem variar entre carne desfiada de vaca, porco ou carneiro.

Fonte: cookidoo.es

Żurek z ziemniakami, jajkiem i kiełbasa

Outro tipo de sopa bem comum servida geralmente dentro do pão! É uma sopa com caldo leve mas contém ovo cozido, linguiça, bacon e batata.

Fonte: pkr24.pl/

Kwaśnica

É aquela sopa mais tradicional de climas mais frios, para comer nas montanhas – por exemplo em Zakopane, é uma boa pedida! É uma sopa mais elaborada e rica, com costela de porco normal e defumada, bacon, batata e chucrute.

Fonte: https://gotowanie.onet.pl/

Opções de Pratos Principais

Depois de deixar a barriga quentinha e preparada, pode pedir o segundo prato!

Pierogi

Pierogis são tipo dumplins, pasteis com massa meio crua e um recheio. O Pierogi mais tradicional é o Pierogi Ruskie tem o recheio de batata e queijo cottage e é deliciosamente bem temperada! Porém, é capaz de você ver algumas variações como de carne e espinafre.

See Also
Conheça Praga com o Ivan – Guia em Praga

Fonte: pysznosci.pl/

Um caso breve sobre almoçar com um Polonês: Fui com uma amiga e o namorado almoçar e vimos que servia Pierogi! Eu e minha amiga, também Brasileira, não sabíamos quantas porções de dumplings viriam, então resolvemos perguntar para o meu namorado polonês e ele sugeriu cada um pegasse um prato individual. Resultado:

Cracóvia – Fevereiro 2019.

É o que eu disse sobre o que pensar sobre entrada ou aperitivo… Para provar, eu poderia dividir um ou dois pratos de Pierogi entre os quatro. Porém, sendo Polonês, ele pediu individual porque é considerado uma entrada. No final, nem importamos… Pedimos sabores diferentes para compartilhar e ainda sim nosso voto vai para o tradicional e em seguida o de carne!

E por quê o Pierogi Russo (Ruski) é o tradicional da Polônia?

Essa foi a primeira pergunta que eu fiz quando soube que Ruski é russo quando joguei no google tradutor. E não entendi porquê justo os Poloneses que passaram por anos tentando ter sua liberdade da Rússia com o comunismo iam colocar o nome do prato tradicional deles como Dumplings da Russia. Não faz sentido, né?

Toda história de onde surgiu e de onde veio o tal pierogi é sempre um mistério, principalmente porque como eu comentei no artigo sobre O que você precisa saber quando viajar para a Polônia, o país chegou a nem existir no mapa por um tempo e em outros tempos englobava outros países como a Ucrânia. Sabendo disso, podemos falar um pouco mais do Pierogi Ruski – o prato típico da Polônia.

Dizem que o pierogi foi criado lá pelo século XIII, na época que Cracóvia era a capital da Polônia e o país englobava também a Ucrânia que na época era Kievian Rus. Inclusive, na Ucrânia existe o patrono Santo do Pierogi, um monge que era Hyacinth da Polônia. Porém, mesmo que o pierogi apareceu pela primeira vez escrito foi em um livro de receitas polonês em 1682, o pastelzinho cozido não era recheado de batata e queijo como é o Tradicional Ruski, e sim de carne.

Mesmo que tenha sido criada em terras que atualmente são da Ucrânia, até o período antes da guerra eles chamavam o pierogi recheado de batata e queijo de Pierogi Polonês por lá. Porém, com a Alemanha perdendo na Segunda Guerra Mundial e a URSS ganhando território, a Polônia teve grandes mudanças no seu mapa e levou o nome Ruski por esse motivo.

Polônia antes (contorno em vermelho) e depois da Segunda Guerra Mundial (preenchimento rosado)

Acredita-se que o Pierogi Ruski foi criado na cidade de Lwów, antiga Polônia que ficou sendo parte da URSS e atualmente é a Ucrânia. Ruski tem a ver realmente com a Rússia, uma vez que os poloneses que ficaram nessa região tiveram que migrar para o lado esquerdo, próximo da Alemanha já que a Polônia perdeu território para a URSS.

Bigos

Conhecido como a sopa dos caçadores, nem sempre vem como sopa realmente. Pode ser servido como um tipo de ensopado, menos caldo e mais carne. É uma mistura de Kielbasa ( uma salsicha bem temperada e um pouco picante típica polonesa e muito saborosa) e chucrute refogados com outras especiarias no vinho tinto. Pode vir também com adicional de cogumelos, ameixas secas, e batatas.

Fonte: www.bonappetit.com/

Observação importante: Bigos é um prato bem típico polonês, porém, às vezes também é servido como entrada por ser uma sopa, nesse caso vem com mais caldo.

Placki ziemniaczane z gulaszem 

É uma panqueca de batata com trigo e especiarias frita e servida com carne e molho de tomate tipo o Gulyás na Hungria, porém, sem ser servido como sopa.

Gołabki w sosie pomidorowym

Esse me lembrou muito esses charutos de repolho árabes que temos no Brasil e aqui na Europa eu achei como comida grega. Na Polônia é feito um pouquinho diferente mas delicioso igual: usam as folhas de repolho e fazem uma massa de arroz com carne – geralmente de porco dentro, porém, eles usam mais molho de tomate e especiarias diferentes.

Kiełbasa z grillowana cebula

Kiełbasa, como eu disse anteriormente, é uma linguiça típica polonesa com um saborzinho diferenciado. É fritado com cebola e geralmente servido com chucrute.

Roladki wołowe

Nada mais é que um estufado de carne com o pepino em concerva, cebola e bacon. Geralmente vem com batata e chucrute ou beterraba.

Dicas Extra

  • Existem bares chamados de ”Bar Mleczny”, traduzindo seria Bar de Leite, mas na verdade são bares pequenos que servem comida típica polonesa e são bem mais em conta.
  • Existe uma rede de bares em várias cidades na Polônia que chama Pijalnia Piwa i Wódki e eles possuem um designer da época comunista com jornais e pela parede com notícias da época. É um bom lugar para comer comida típica e aproveitar vários shots por lá.
  • Existe uma rede de lojinhas de licores de cereja que é uma delícia chamada Pijana Wiśnia que, apesar de não ser originalmente polonesa, é uma delícia! Lembra a Ginjinha para quem já foi em Portugal e provou. Eles servem frio ou quente e sempre com algumas cerejas em conserva no próprio licor.

Gostaria de viajar pela Europa e conhecer o melhor vários destinos de acordo com seu perfil de viajante?

  • Eurotrip Nutella: Sua viagem do seu jeito! Uma assessoria completa antes e durante sua viagem para poder aproveitar tranquilo(a) e ao máximo cada minuto na Europa passando por diversos destinos de acordo com seu ritmo.
  • Consultoria Around: Deixa que eu te ajudo no seu planejamento! Não vai passar perrengue buscando informação furada por aí… Se vem para a Europa, as Assessoras de Viagens que moram na Europa e possuem experiência em viagens estarão prontas para te ajudar, revisando seu planejamento e tirando suas dúvidas!
  • Eurotrip Raíz: Se você busca fazer um mochilão pela Europa, bem low-cost e quer fazer tudo por conta própria, veja as melhores dicas de viagem para o planejamento da sua eurotrip para evitar perrengues comuns. Mas saiba que viajar low cost por conta própria e sem conhecimento, é sempre um risco, por isso veja todo o conteúdo do Blog Around Europe e qualquer coisa, pode contar com as assessoras para uma breve consultoria!

View Comments (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Assessoria de Viagem para Brasileiros

Copyright © 2020 | All rights reserved

Scroll To Top