Astrologia & Viagem

Mais do que se reconhecer nos astros é poder vivenciá-los na sua jornada pelo mundo!

Responsável pelo O Universo Estrelar com o propósito de poder ajudar nessa expansão de consciência para que cada Estrelinha seja capaz de cocriar a própria realidade e conseguir ter uma vida mais livre, sem julgamentos, com mais propósito!

Com a Astrologia e as Viagens, é possível de se reconhecer e redescobrir, promovendo essa expansão da consciência. Porém só é possível se desenvolver quando entende profundamente as questões pessoais, muitas vezes, não é uma jornada fácil – mas pode ser mais suave!

Por isso, além de astróloga e assessora de viagens, iniciou uma imersão dentro das terapias holísticas para poder ajudar efetivamente no processo da busca do verdadeiro “eu”, sendo capaz de encontrarmos nossa melhor versão e tomar as rédeas da nossa própria vida.

Formação

  • Reikiana iniciada pela Oficina da Luz em 2001 e 2002
  • Radiestesia na Prática pelo Instituto Horus em 2004
  • Administração pela UIBS Zurich – Unit International Business School em Zurique em 2016
  • Mestrado em Marketing e Gestão Comercial pela EAE Business School em Madri em 2018
  • Mini Curso Life Coach com a InnerLifeSkills em 2019
  • Caminhos do Zodíaco pelo Alobola Astrologia 2021
  • Estudante de Terapias Holísticas pelo Instituto Saber Consciente (ISC) associado a ABRATH – Associação Brasileira dos Terapeutas Holísticos em 2021

Prazer, Lud!

Mineirinha de coração, faladeira de plantão e um pouco avoada… Essa sou eu realmente! Aquela que dá bom dia ao porteiro, troca ideia com a moça da padaria, já foi nerd na escola, baladeira na faculdade e resolveu arriscar e se jogar no mundo!

Em outras palavras: Capricorniana da Casa 11, com Ascendente em Peixes.

Na realidade, minha vida de viajante começou desde antes de nascer! Meu pai sempre viajou muito à trabalho, e no final das contas, eu que acompanhei ele um pouco nas minhas férias!

Astrologicamente falando: Eu tenho o Meio do Céu em Sagitário, o que representa também a figura paterna. Coincidentemente, meu pai é Sagitariano e desde sempre viajou muito: seja para estudar para faculdade até rodar o mundo todo à trabalho. Eu tenho uma conjunção específica que eu acredito poder retratar indícios e tendências da separação física do meu pai na infância, mas foi exatamente isso que me permitiu conhecer o mundo de forma ainda mais intensa!

Minha primeira viagem internacional foi aos 9 anos de idade para um país onde ninguém imaginaria e geralmente não é primeiro destino de ninguém: Noruega. E foi inesquecível ver todas as diferenças culturais, sociais, demográficas, climáticas… O impacto foi tanto, porém tão positivo, que eu tenho um bichinho da curiosidade que vive dentro de mim e me chama sempre pra explorar esse mundo.

Bom, minha Casa 9 é em Escorpião. A maneira que eu viajo e experiencio os lugares sempre foi de maneira muito intensa e curiosa. Para poder vivenciar o lugar de forma bem escorpiônica, eu sempre gostei de estudar bem o lugar. Eu quero descobrir a essência, conversar com locais, entender como funciona tudo por ali. Não é atoa que depois de ter visitado a Noruega eu me apaixonei pelas Runas e pela Mitologia Nórdica…

No meio da minha faculdade de Administração, eu resolvi mudar para Zurich, onde meu pai morava. Terminei minha faculdade lá e me mudei para Madrid – de novo acompanhando meu pai, onde me terminei meu Mestrado em Marketing e Gestão Comercial.

É engraçado ver como a Astrologia é mágica. A Casa 9 também fala sobre estudos superiores – incluindo a faculdade. E nesse período a tendência era acontecer uma grande transformação. Eu comecei fazendo Engenharia de Energia, mudei para Administração, mudei de país… E hoje eu trabalho com Astrologia e Viagens – o que significa: estudar constantemente. 

Desde que mudei para Europa, em 2015, eu tenho viajado muito! Eu sempre gostei de viajar até dentro do Brasil mesmo. Porém, viajar no Brasil sempre foi mais difícil, seja por grana ou por logística. Dentro da Europa é tão mais fácil e acessível viajar que virou mais que apenas uma curiosidade, mas um hobby.

E de um hobby... Meu primeiro propósito...

Em 2017 resolvi colocar meu Instagram público, e durante minha Eurotrip super econômica que estruturei completamente sozinha, eu soube o que é a liberdade do ”travel solo”. Foi quando eu resolvi mudar o nome para @lud.around  e mostrar um pouquinho das minhas viagens pelo Instagram.

É engraçado ver esse movimento “bloguerístico” justamente se iniciando com a galera que tem Plutão em Escorpião – como eu. É a geração que veio para quebrar padrões e transformar o mundo sedimentado pelas gerações anteriores. 

Ao longo do tempo, notei que tinha muito conteúdo para pouco espaço no Instagram. O perfil no Instagram cresceu, chegando a ter até mais de 20 mil seguidores por um tempo. Fiz parcerias com empresas, conheci muitos outros viajantes… Surgiu a ideia do Blog como complemento do conteúdo mas chegou um momento em que já não fazia tanto sentido compartilhar apenas minha jornada.

Eu queria poder ajudar efetivamente as pessoas poderem viajar pela Europa e poder fazê-las vivenciarem outras realidades fora do Brasil… Abrir a mente, ter novas referências, conhecer novas culturas e aumentar a amplitude e os parâmetros arcaicos da nossa sociedade se desconstruindo para poder evoluir. Acredito muito nisso! No final, viajar é uma jornada de auto-conhecimento.

Esse propósito é tão Meio do Céu em Sagitário… Afinal, Sagitário vai falar sobre a busca da verdade através da experiência, é a sabedoria que vem de fora para dentro.

E aí surgiu a Assessoria de Viagem Around Europe!

Foi quando eu resolvi criar mais que um blog, um negócio.

Depois de ter experiência fazendo lojas online, mexendo com marketing e gestão comercial, eu criei a proposta da Assessoria de Viagem: viajar pela Europa como europeus, aproveitar o destino como locais.

Foi quando eu vi o instagram como um meio de trabalho, bem Sol na Casa 11! Mas olha, não foi fácil de mostrar para o meu pai, da geração Plutão em Virgem, que instagram é um trabalho…Mas faz parte da missão de Plutão em Escorpião.

Europeus são simples, não preocupam muito com hotel 5 estrelas e ostentação – pelo contrário, eles focam na experiência.

Dessa forma, a viagem sai muito mais econômica e a experiência é sempre muito mais interessante porque o viajante vive a cultura local. 

Claro que eventos especiais merecem atenção especial e também um investimento especial… Mas tudo isso vai de acordo com o perfil de cada viajante. Há aqueles que vão querer fazer um mochilão e há aqueles que vão aproveitar a lua de mel… O mais importante é que o serviço possa adaptar a todas essas necessidades, mas mantendo a ideia de aproveitando como locais.

No início de 2020 eu comecei a sentir o meu Grande trígono ligando a Roda da Fortuna na Casa 1 em Áries, meu Júpiter Retrógrado na Casa 6 em Leão e o Meio do Céu em Sagitário. Realmente eu me sinto muito mais realizada na jornada empreendedora, sendo mais autônoma, podendo servir através do meu conhecimento e experiências, seguindo no mundo das viagens e do autoconhecimento! 

Em 2020 criei o novo IG @assessoriadeviagem.europe para poder focar no propósito de ajudar ainda mais viajantes a realizarem o sonho de viajar pela Europa, evitar perrengues e ter a oportunidade de vivenciar a diversidade cultural pelo velho continente.

Em plena pandemia, aconteceu o ápice do meu Retorno de Saturno. Nessa época eu produzi muito, busquei diversas formas de fazer meu negócio de viagem andar: fiz diversas parcerias, entrei em contato com outras agências, desenvolvi meu negócio como nunca. Eu estudava astrologia mas nunca imaginei de fato trabalhar com Astrologia… Apesar de que já pensava em aderir a Astrocartografia como “Viagem com propósito”. E durante o Retorno de Saturno, comecei a me mexer para organizar tudo que podia para quando as viagens voltassem… Enquanto isso, nas horas vagas da minha solidão, eu mergulhava no mundo dos astros!

A Assessoria de Viagem hoje conta com o apoio de parcerias, colaborações e afiliações com outras empresas e profissionais do turismo como os Guias Around, e assim oferecer o melhor custo-benefício de acordo com o perfil de cada viajante!

E foi viajando que eu me descobri... Até que me dei conta que estava escrito nas estrelas!

Minha jornada com a astrologia começou desde muito nova!

Filha de mãe psicóloga/terapeuta/professora, Libriana com Ascendente em Aquário – bem diferentona mesmo, sempre fui curiosa e fuçava a biblioteca de casa para desvendar os mistérios da mente humana. Lembro que, por volta dos 12 anos, meu professor de Filosofia ficou pasme com minha apresentação sobre a vida e a morte citando Kierkegaard e Heidegger!

Mas mesmo antes dessa idade, eu acompanhava minha mãe nas aulas que ela dava de psicologia, fizemos cursos de Reiki juntas, ela comecou a me ensinar Tarot, aprendi radiestesia… E enquanto ela fazia curso de Medicina Ayurvédica, eu ia lá fuçar as apostilas do curso para entender melhor sobre o que era “Pitta, Vata e Kapha”. Eu já adorava entender sobre as ervas, era uma vó aos 12 anos, preparando chá para qualquer coisa que você possa imaginar… E funcionava!

Ter a Lua na Casa 12 em Aquário é necessário muito estudo e conexão com a espiritualidade. E existe a tendência dessa conexão muito forte com a ancestralidade materna, a um nível cármico. Dizem que pessoas de Lua na Casa 12 podem sentir o que a mãe e a avó sentem, mesmo longe – e é verdade. Chega a ser bizarro às vezes… Por isso foi tão importante ter essa conexão com a espiritualidade e poder entender melhor sobre a mente e o comportamento humano, porque foi assim que eu pude superar vários medos inconscientes.

Mas nessa jornada, quando Saturno transitou em oposição ao meu Saturno Natal, eu precisei me separar, me opor, me diferenciar. E foi quando eu comecei a ver a vida de forma mais racional e prática, comecei a ter muitos sonhos estranhos, medos, não soube lidar… E preferi viver como as cabras-do-mar na mitologia de Pricus: alienadas no mundo terreno a ser solitária imersa nas águas.

Tudo na vida precisa ser como deve ser. São nossos aprendizados que nos fazer ser quem somos. Por isso eu vejo o quanto foi necessário ir para o mundo racional e escolher uma profissão tradicional. Só assim eu tive a oportunidade de ver o mundo e me descobrir como eu realmente precisei me descobrir e me desenvolver. Até acontecer o resgate da antiga Lud-bruxinha-do-bem

Então em 2021 eu resolvi começar o ano fazendo um e-Book sobre Astrologia, estruturando um novo instagram para falar abertamente sobre o autoconhecimento com os astros. Aproveitei a época de Saturno e Júpiter em Aquário, para deixar o conservadorismo Capricorniano de lado e me lançar nesse mundo de volta criando o @ouniversoestrelar.

Não imaginei que fosse ter tanto resultado em tão pouco tempo: foi quando eu entendi que estou realmente no caminho certo.

E aí meu Yod (Aspecto Dedo de Deus) fez sentido. Eu precisei de compreender meu lado Pisciano, integrar com a racionalidade e persistência de maneira diferente e única do meu Urano em Capricórnio, compreender que meu jeito de lidar com o mundo (Ascendente e Casa 11)  e conseguir impulsionar esses dons, transformando em talentos para o servir, compartilhando minhas experiências com sabedoria  para o autoconhecimento e viagens (Júpiter Retrógrado na Casa 6 em Leão). 

Hoje eu fico imensamente feliz de poder ajudar outras Estrelas a brilharem ainda mais com os estudos da Astrologia e poderem se descobrir pela Europa afora, compartilhando minha experiência e ajudando no desenvolvimento pessoal.