fbpx
Now Reading
O que você precisa saber quando viajar para a Suíça

O que você precisa saber quando viajar para a Suíça

Tempo de Leitura: 4 minutos

A Suíça é um país que possui 4 línguas oficiais, apesar do seu tamanho incrivelmente pequeno com 8.5milhões de habitantes. A maior parte da população fala alemão, porém não é o mesmo alemão da Alemanha! Lá é falado o alemão suíço, francês, italiano e romanche, além dos diversos dialetos diferentes, o que faz a vida do estrangeiro ainda mais complicada. É normal que os suíços aprendam pelo menos 2 das línguas oficiais e tenham o inglês fluente – principalmente os jovens, pode ser que as pessoas mais velhas tenham dificuldade.

A moeda local é o Suíço Franco, vale um pouco mais que o Euro. Lá não aceita Euro, mas existem alguns lugares que dá para pagar até em Bitcoin – mas não é comum. De forma geral, o cartão é bem aceito em qualquer lugar, mas é bom ter dinheiro em espécie porque é mais comum o uso por lá.

A capital é Berna, uma cidade pequena da época medieval e muito bem conservada, da qual seu centro é Patrimônio da Humanidade da UNESCO. Fica na parte alemã igual Zurique – cidade que todos pensam que é a capital por ser a maior cidade da Suíça, sendo um centro .

Outras cidades também muito conhecida são:

  • Genebra: reconhecida como a cidade da paz e da diplomacia porque é lá é onde que fica a ONU e fica na parte francesa.
  • Lucerna: uma cidade linda na parte alemã situada no coração da Suíça, próximo de lagos e montanhas incríveis e possui uma das mais charmosas e antigas pontes da Europa.
  • Interlaken: a capital da aventura na Suíça, onde você pode se jogar em montanhas e paisagens incríveis ao seu redor.
  • Brasiléia (Basel): reconhecida como a capital da cultura no país, com uma vibe mais jovial e também onde se encontra o euroaeroporto low-cost que fica exatamente na fronteira entre a Suíça, França e Suíça.
  • Montreux: situa-se na parte francesa e é reconhecida como a cidade da música, porque lá é onde acontece o famoso Festival de Jazz e também onde Fred Mercury se apaixonou e resolveu ficar!
  • Lugano: é a maior cidade de Ticino, uma região linda na parte italiana e com atividades e vistas sensacionais.

O país fica no coração da Europa, e é tão pequeno que caberia 260 vezes ele dentro do nosso Brasilzão. Mesmo com sua grandiosidade territorial, tem o maior túnel do mundo, faz fronteira com cinco países e possui 7 mil lagos e 208 montanhas, sendo o país com maior número de picos na Europa – o que faz com que mais de 60% da energia elétrica da Suíça seja hidroelétrica por razões óbvias.

Ou seja, além dos famosos alpes suíços, a composição das paisagens suíças sempre vêm com lagos limpos, cristalinos e azuis turquesas – com a maior parte dessas águas serem potáveis. Você pode beber água da torneira em qualquer lugar na Suíça e sempre haverá fontes potáveis pelas cidades.

Apesar da Suíça ser reconhecida pelas montanhas de neve, acredito que o verão na Suíça é muito melhor – até porque, existem lugares para ver neve inclusive no verão. As pessoas estão mais abertas, é possível aproveitar os lagos, descer de carrinho de mão da montanha, o clima é bem mais agradável chegando na casa dos 30 graus em agosto e acontecem vários eventos, e o melhor: chove menos e se você quiser buscar neve, também é possível mesmo no verão! Já no inverno é uma excelente ideia fazer esportes de neve e se preparar para dias frios, fechados e chuvosos, bom para aproveitar o famoso Fondue e os mercados de Natal.

Cerca de 25% da população é estrangeira. É um dos países com maior qualidade de vida, menor índice de desemprego contando com os maiores salários e segurança de trabalho e, como já sabemos: um dos países mais caros do mundo. Mas também, um dos países que é mais difícil a imigração de cidadãos não europeus!

A Suíça é um país realmente fora da curva. Professores na Suíça recebem muito bem, sendo uma das profissões mais bem pagas por lá. O país possui um dos maiores índices de porte de arma no mundo, os menores números de crimes – isso se deve porque é obrigatório o serviço militar e todos possuem armas sem munição em casa quando termina os anos obrigatórios. 

See Also
Conheça Londres com a Tina Wells do Londres Pra Você

Em contrapartida, os caixas de banco são protegidos por vidro à prova de bala e o país é preparado para qualquer tipo de guerra, inclusive nuclear –  tendo em vista que todos poderiam se alojar nos bunkers que são abastecidos pelos militares.

A Suíça realiza vários eventos bem interessantes ao longo do ano e é bom ficar atento para poder aproveitar algumas delas durante sua viagem, como a corrida de cavalos no lago congelado em St. Moritz, competição internacional de esqui em Wegen, Feira internacional de Arte em Basel, Salão do Automóvel em Genebra, o Fórum Econômico Mundial em Davos, o Festival de Filme em Locarno, o Street Parade em Zurique – que faz da cidade palco para um carnaval com música eletrônica – e o segundo maior Festival de Jazz do mundo – em Montreux como comentei anteriormente

Você sabia?

Einstein morou na capital do país por muitos anos, foi na Suíça que ele desenvolveu a teoria da relatividade. Lá também foi onde o químico Albert Hofmann teve sua primeira viagem de LSD em 1943 enquanto ele fazia testes para cura da enxaqueca em Basel.  Outra curiosidade também é que não é atoa que a Cruz Vermelha tem esse desenho! Pois é… foi fundada na Suíça também, em Genebra, no ano de 1863.


Gostaria de viajar pela Europa e conhecer o melhor vários destinos de acordo com seu perfil de viajante?

  • Eurotrip Nutella: Sua viagem do seu jeito! Uma assessoria completa antes e durante sua viagem para poder aproveitar tranquilo(a) e ao máximo cada minuto na Europa passando por diversos destinos de acordo com seu ritmo.
  • Consultoria Around: Deixa que eu te ajudo no seu planejamento! Não vai passar perrengue buscando informação furada por aí… Se vem para a Europa, as Assessoras de Viagens que moram na Europa e possuem experiência em viagens estarão prontas para te ajudar, revisando seu planejamento e tirando suas dúvidas!
  • Eurotrip Raíz: Se você busca fazer um mochilão pela Europa, bem low-cost e quer fazer tudo por conta própria, veja as melhores dicas de viagem para o planejamento da sua eurotrip para evitar perrengues comuns. Mas saiba que viajar low cost por conta própria e sem conhecimento, é sempre um risco, por isso veja todo o conteúdo do Blog Around Europe e qualquer coisa, pode contar com as assessoras para uma breve consultoria!

View Comments (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Assessoria de Viagem para Brasileiros

Copyright © 2020 | All rights reserved

Scroll To Top